Diário das Presidenciais 2021 – 14 de janeiro

Facebook

No Facebook, o dia de ontem continuou a ser dominado por André Ventura, que publicou oito vezes e conseguiu 30.640 interações, sensivelmente dois terços do total de todos os candidatos. Marisa Matias e João Ferreira voltaram a disputar o segundo lugar, como habitualmente, deste feita com vantagem para a candidata do BE (5.411 interações contra 4.879. Vitorino Silva surge logo a seguir, mas com muito mais publicações que os opositores: 18 num dia.

 

No Top3 dos posts com mais interações do dia de ontem estão duas publicações de André Ventura e uma de Marisa Matias. A primeira, muito destacada das restantes, com 5.225 reações, 1.297 comentários e 2.712 partilhas, contém um vídeo que contra-ataca uma reportagem televisiva da SIC Notícias sobre André Ventura e os ciganos. E a segunda reproduz um “live” de um comício do candidato na Guarda. O terceiro post mais “viral” do dia contém uma resposta subtil de Marisa Matias às ofensas pessoais de André Ventura, com a utilização da hashtag #VermelhoemBelem, numa evocação da cor do batom a que o candidato do Chega se tinha referido. Este tema surge igualmente noutras redes sociais, como veremos.

 

Nos posts publicados por outras páginas de Facebook acerca dos candidatos, o ranking de ontem foi liderado pela SIC Notícias (publicou 8 posts, com 5.968 interações). No segundo lugar surge Manuel Luís Goucha, por causa das entrevistas que tem estado a fazer aos candidatos (3 posts e 5.392 interações) e em terceiro aparece a página Sensivelmente Idiota, com comediante Diogo Faro, com apenas um post mas 3.915 interações.

 

No Top 3 dos posts mais “virais” publicados sobre os candidatos encontramos, em primeiro lugar a reação do comediante Diogo Faro às ofensas dirigidas por André Ventura aos outros candidatos, falando nos “lábios vermelhos” de Marisa, no “beto” Ferreira e no “bêbado” Jerónimo de Sousa. Teve 3.340 reações, 369 comentários e 206 partilhas. De notar que o tema do “batom vermelho” de Marisa Matias surgiu mais vezes no topo deste ranking (a reportagem da SIC Notícias aparece várias vezes e mesmo a presença de Francisco Louça faz alusão a esse facto). Na segunda posição surge um dos posts de Manuel Luís Goucha com Marisa Matias (2.479 reações) e em terceiro aparece um desmentido de Mário Gonçalves em relação a uma verificação e factos realizada pelo Polígrafo (1.990 reações)

EXTRA: Veja, em tempo real, a evolução diária dos candidatos no Facebook aqui: https://bit.ly/presidenciais2021

 

Twitter

No Twiter, o dia de ontem foi liderado, à tangente, por Ana Gomes. A ex-eurodeputada foi aquela que mais publicou nesta rede (18 tweets) e que com isso obteve o mais alcance e a maior quantidade de partilhas. Mas foi à tangente porque Marisa esteve lá muito perto, com 14 publicações realizadas e quase tanto alcance como Ana Gomes. Como habitualmente, André Ventura foi o mais “puxado” pela audiência com menções à sua conta de Twitter.

 

No ranking dos tweets mais partilhados do dia de ontem, encontramos em primeiro lugar (partilhado 403 vezes) a já referida publicação de André Ventura referente aos ciganos. No segundo lugar temos, também outra vez, a publicação de Marisa Matias em que “desmonta” a ofensa do batom vermelho e usa a hashtag #VermelhoemBelem. No terceiro lugar deste ranking está uma foto de Tino de Rans, de samarra, a enfrentar o frio deste inverno.

 

No ranking dos tweets publicados por outros utilizadores acerca dos candidatos, a forte reação às ofensas proferidas por André Ventura fez o pleno. Em primeiro um tweet do utilizador Bruno Carvalho (não confundir com o ex-presidente do Sporting) defende Jerónimo de Sousa e obteve 631 partilhas e 3.200 “likes”. Em segundo, o tweet, que já foi referido, do comediante Diogo Faro, com 459 partilhas e 2.500 likes. E, em terceiro lugar, aparece um tweet, da utilizadora Francisca, que reproduz a já referida reportagem da SIC Notícias sobre as ofensas de Ventura.

 

 

Instagram

Marisa Matias dominou o ranking dos candidatos no Instagram, com 8 posts publicados e 7.500 interações. No segundo posto em termos de interações conseguidas aparece o candidato Vitorino Silva, com 3.800 “gostos” e comentários, resultado de uma grande quantidade de publicações: 15. No terceiro lugar aparece João Ferreira, com 3.100 interações ao longo do dia.

No Top3 dos posts de Instagram mais populares dos candidatos, Marisa Matias ocupa dois lugares. O primeiro com a resposta direta às ofensas de André Ventura e a aposta na hashtag #VermelhoemBelem. “É retocarmos o batom e darmos uma lição…”, afirma Marisa Matias. Este post suscitou 3.400 “likes” e 115 comentários. No terceiro lugar deste ranking, outro post de Marisa, com as moradoras dos Lagares (957 “likes”). Pelo meio, um post de Ana Gomes a propósito de uma ação de campanha em Cinfães, com 1.400 “likes”.

 

No ranking dos posts publicados por outras contas de Instagram acerca dos candidatos, os dois primeiros são referentes ao mesmo acontecimento: a entrevista de Manuel Luis Goucha a Marisa Matias. Primeiro, com um post do próprio Manuel Luis Goucha, com 8.400 “likes” e, depois, com um post da TVI acerca da mesma entrevista, com dois mil “likes”. O terceiro lugar do pódio é ocupado por um post do partido Iniciativa Liberal em promoção do candidato Tiago Mayan.

 

 


NOTA METODOLÓGICA: Este estudo destina-se a analisar quantitativamente a presença e atividade dos candidatos presidenciais e das suas campanhas em três das principais redes sociais em Portugal (Facebook, Twitter e Instagram). Para o efeito, estão a ser analisadas as páginas de Facebook e contas de Twitter e Instagram oficiais, do candidato e da campanha, de Ana Gomes, André Ventura, João Ferreira, Marisa Matias, Tiago Mayan Gonçalves e Vitorino Silva. Marcelo Rebelo de Sousa não dispõe de contas oficiais nestas redes sociais, mas estão a ser analisadas as principais contas de apoio à sua candidatura. Foram considerados todos os candidatos constantes do boletim de voto, com exceção do candidato Eduardo Baptista, que ainda não apresentou as proposituras necessárias para poder concorrer. Os dados são extraídos através das ferramentas Crowdtangle (para o Facebook e o Instagram) e Brandwatch (para o Twitter). A data de recolha de dados é aquela que se encontra assinalada em cada quadro. As métricas usadas para comparar o desempenho dos candidatos e a popularidade das publicações são as interações (reações, comentários e partilhas), no caso do Facebook e do Instagram, e as impressões (número de vezes que o conteúdo foi exibido) ou os retweets (partilhas), no caso do Twitter. Para identificar as publicações sobre os candidatos com mais interações foi feita uma pesquisa a partir dos nomes dos candidatos. A recolha e tratamento de dados é da responsabilidade do Medialab CIES Iscte-Iul. A metodologia detalhada deste barómetro pode ser vista aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.