Barómetro: Opinião no Facebook entre 29 de Junho e 5 de Julho de 2020

Top10 artigos de opinião no Facebook

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho 2020

Por Nuno Palma e Gustavo Cardoso

 

Pela primeira vez desde o início pandemia, a política substituiu o coronavírus na opinião. A par desta substituição caiu, também, o número de interacções e, portanto, da atenção dada à opinião assinada no Facebook. O líder de interações é Miguel Relvas abordando a TAP. André Ventura foi uma figura em destaque com Gabriel Mithá Ribeiro no Observador e João Miguel Tavares no jornal Público. Se a política ganha atenção no TOP10 da opinião, o suicídio e a saúde mental são a exceção que confirma a regra. Para encontrar o tema pandemia na opinião desta semana é preciso chegar até à diminuição do número de turistas no artigo de Miguel Sousa Tavares e, mesmo assim, apenas de forma indireta..

 

Artigos com mais interacções no Facebook

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 1: Artigos de opinião com mais interacções no Facebook no período entre 29 de Junho a 5 de Julho 2020

 

Analisando a figura 1, percebemos que, após vários meses em que o tema da pandemia do novo coronavírus liderou o top de artigos de opinião mais partilhados no Facebook, são a política e a governação os temas que assumem agora o principal destaque. O aumento da participação do estado na TAP lidera a tabela através do artigo de Miguel Relvas no jornal Expresso, sendo também o foco principal do artigo de Joana Amaral Dias. André Ventura, a propósito da manifestação “Portugal não é racista”, assumiu destaque através dos artigos de Gabriel Mithá Ribeiro no Observador e João Miguel Tavares no jornal Público, que ocuparam a 2ª e 4ª posição entre os artigos de opinião que mais interacções obtiveram no Facebook. Ainda a propósito da morte do actor Pedro Lima , o suicídio e a saúde mental voltam a estar em destaque através do artigo de Sara Miguéns Porteira, que se estreou na coluna de opinião do jornal Público. A Lei da Nacionalidade que permitiu a descendentes de judeus sefarditas adquirir nacionalidade portuguesa e a intenção do governo de monitorizar o discurso de ódio na internet anunciada pela ministra Mariana Vieira da Silva foram outros dos temas dos artigos de opinião que mais se destacaram no Facebook.

 

Conceitos mais frequentemente referidos

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 2 conceitos mais frequentes, extraídos através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020.

 

Conceitos com mais Interações

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 3: conceitos com mais interacções, extraídos através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho 2020, ordenados tendo em conta o número de interacções geradas no Facebook.

 

As figuras 2 e 3 permitem perceber que foi mais uma vez a Economia o tema mais referido pelos autores e também o que mais interacções gerou no Facebook, seguido de Portugal, Europa, Estados Unidos e Democracia. A TAP e o Racismo foram outros dos temas presentes nos artigos de opinião que mais interacções geraram no Facebook.

 

Personalidades mais frequentemente referidas

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 4: personalidades mais frequentes extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020.

 

Personalidades com mais Interacções

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 5: personalidades extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho 2020, ordenados tendo em conta o número de interacções geradas no Facebook.

 

Analisando a figura 4, percebemos que foi António Costa a personalidade mais referida pelos autores de opinião desta semana, seguido do ministro Pedro Nuno Santos e do presidente americano Donald Trump. Em termos de interacções no Facebook, António Costa volta a estar em destaque a par de André Ventura que, embora não se encontre entre as personalidades mais referidas pelos autores de opinião, foi a personalidade que mais interacções registou. Rui Rio e David Neelman foram outras das personalidades em destaque nesta semana.

 

Organizações mais frequentemente referidas

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 6: organizações mais frequentes extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020.

 

Organizações com mais Interacções

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 7: organizações extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho 2020, ordenados tendo em conta o número de interacções geradas no Facebook.

 

Tal como observado nas figuras anteriores, o protagonismo assumido pela TAP na opinião desta semana, faz com que se destaque enquanto a organização mais referida e que mais interacções gerou no Facebook.

 

Profissões mais frequentemente referidas

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 8: profissões mais frequentes extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020.

 

Profissões com mais Interacções

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 9: profissões extraídas, através do processamento de linguagem natural com recurso à IBM Watson NLU API, dos artigos de opinião publicados no período de 29 de Junho a 5 de Julho 2020, ordenados tendo em conta o número de interacções geradas no Facebook.

 

Analisando a figura 8, percebemos que foram os cargos políticos, os profissionais de saúde e os professores as profissões que obtiveram maior destaque, a par dos treinadores, em destaque a propósito da saída do treinador do Benfica. A análise da figura 9 permite perceber que, ainda em tempo de pandemia, foram os profissionais de saúde a profissão que mais interacções gerou no Facebook seguida de ministra, destaque atribuído pelos dois artigos de opinião sobre declarações da ministra Mariana Vieira da Silva presentes no top 10. Importa ainda assinalar a presença dos surfistas enquanto profissão em destaque, motivada pelo artigo de João Kopke no Observador que, embora não se encontre no top 10, esteve entre os mais partilhados.

 

Media de Origem da Opinião

Semana de 29 de Junho a 5 de Julho de 2020

Figura 10: Total de artigos de opinião, autores e interações no Facebook no período de 29 de Junho a 5 de Julho 2020.

 

A figura 10 permite-nos realizar uma análise sobre os artigos de opinião quanto à predominância das origens dos mesmos nos vários media analisados. Nesta análise, o jornal Público liderou em todos os critérios: interacções, número de artigos e número de autores. A Sic Notícias e a TVI 24, embora com um número reduzido de artigos publicados, destacam-se pelo elevado número de interacções médias obtido pelos comentários publicados em formato vídeo.

 

[hr]

Resultados Acumulados

Autores com mais interacções no Facebook

Acumulado entre 1 de Dezembro 2019 e 5 de Julho 2020*

Figura 11: Autores cujos artigos publicados contabilizaram mais interacções no Facebook no período de 1 de Dezembro de 2019 a 5 de Julho de 2020.

 

Artigos com mais interacções no Facebook

Acumulado entre 1 de Dezembro 2019 5 de Julho 2020*

Figura 12: Artigos de opinião com mais interacções no Facebook no período de 1 de Dezembro 2019 a 5 de Julho de 2020

 

Quadro Resumo: Meio de comunicação e Opinião

Acumulado entre 1 de Dezembro 2019 e 5 de Julho 2020*

Figura 13: Total de artigos de opinião, autores e interações no Facebook no período de 1 de Dezembro 2019 a 5 de Julho 2020.

 

* Artigos do Jornal de Notícias contabilizados apenas a partir de 1 de Março

 

[hr]

Nota metodológica

Esta análise tem como objetivo medir o alcance no Facebook de autores e artigos de opinião publicados nos websites de oito dos principais orgãos de comunicação social portugueses. Os dados utilizados nesta análise foram recolhidos através da extração automatizada dos artigos das secções de opinião dos websites dos media analisados (Correio da Manhã, Diário de Notícias, Expresso, Jornal de Notícias, Observador, Público, Sic Notícias e TVI 24) durante a semana de 29 de Junho e 5 de Julho, tendo por base uma amostra de 423 artigos. São ainda apresentados resultados referentes a um período mais alargado tendo por base 12,599 artigos artigos publicados entre 1 de Dezembro de 2019 e 5 de Julho de 2020. As interações de cada artigo no Facebook foram recolhidas através da Facebook Graph API que permite obter as métricas das interações de um determinado URL em toda a plataforma. A análise do conteúdo para extração dos principais conceitos e entidades presentes nos artigos recolhidos foi realizada com recurso à integração da API Natural Language Understanding disponibilizada pelo serviço de inteligência artificial da IBM.

O Barómetro de artigos de opinião no Facebook é desenvolvido no MediaLab Cies_Iscte. É coordenado e codificado por Gustavo Cardoso e Nuno Palma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *