Barómetro: as ‘histórias’ noticiosas de junho de 2021

Por Décio Telo, Ana Pinto Martinho e Livino Neto

A fase final do campeonato europeu de futebol não foi suficiente para fazer esquecer a pandemia. Nas páginas web dos órgãos de comunicação social não especializados, a pandemia voltou a ganhar relevância noticiosa à medida que os casos aumentaram, com particular incidência na capital portuguesa.

Este relatório está disponível em PDF.

António Costa em conferência de imprensa em Lisboa, 2/7/2021 (ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA)
António Costa em conferência de imprensa em Lisboa, 2/7/2021 (ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA)
Fernando Medina durante a sua audição na Comissão de Assuntos Constitucionais, 24/6/2021 (MÁRIO CRUZ/LUSA)
Fernando Medina durante a sua audição na Comissão de Assuntos Constitucionais, 24/6/2021 (MÁRIO CRUZ/LUSA)
Dedicatória ao jogador dinamarquês Christian Eriksen antes do jogo entre Dinamarca e Bélgica, 17/7/2021 (EPA/Friedemann Vogel / POOL)
Dedicatória ao jogador dinamarquês Christian Eriksen antes do jogo entre Dinamarca e Bélgica, 17/7/2021 (EPA/Friedemann Vogel / POOL)

Aumento de notícias relacionadas com Covid-19

Os dados disponíveis apontam para uma variação positiva na ordem dos 23%, em comparação com o mês de maio e uma média diária de 166 artigos sobre a pandemia provocada pelo vírus SARS-CoV-2. Este indicador contraria a tendência dos três meses anteriores e acompanha, de certa forma, o aumento de casos positivos relacionados com a propagação da variante Delta em Portugal.

A cobertura do Euro 2020 não foi expressiva

Os dados disponíveis permitem estimar que, a cada 6 artigos publicados no mês de junho, um foi sobre o Euro 2020. Em comparação com o futebol, no mês anterior, verificou-se uma variação negativa de -10%. O facto de termos assistido à eliminação da seleção portuguesa nos oitavos de final da prova, poderá explicar, em parte, este valor, considerando que estes dados correspondem à cobertura online na amostra, que não inclui sites especializados em desporto.

De entre os clusters que constituíram as principais ‘histórias’ noticiosas do Euro 2020, destaca-se o episódio da paragem cardíaca do jogador dinamarquês Christian Eriksen durante o jogo inaugural da competição. Apenas o cluster sobre o ‘mercado de transferências’ não esteve relacionado, de alguma forma, com o Campeonato da Europa em futebol.

Acidentes, violência doméstica e casos de polícia

Vários acontecimentos disruptivos relacionados com acidentes e casos de polícia voltaram a marcar as notícias online no mês de junho, com especial destaque para homicídios relacionados com violência doméstica.

Em maio esta categoria já tinha sido relevante, regressando agora à narrativa jornalística por via de novos acontecimentos.

A notícia de um homem que assassinou a ex-companheira com 2 tiros em Cascais, Lisboa, foi uma das ‘histórias’ que mais artigos gerou online. Nesta categoria entraram, também, as notícias sobre o colapso de um prédio em Miami e o desaparecimento de uma criança em Proença-a-Velha.

O cluster dos dados pessoais de ativistas entregues à Rússia pela Câmara Municipal de Lisboa

Se não considerarmos as publicações relacionadas com a pandemia, o cluster de artigos relacionados com a entrega de dados pessoais de ativistas russos pela Câmara Municipal de Lisboa destaca-se das restantes ‘histórias’ noticiosas do mês.

Títulos como “Oposição pede demissão de Medina”, no Correio da Manhã online ou “Ativistas russos vão apresentar queixa contra Câmara de Lisboa”, no Jornal de Notícias online, ambos de 10 de junho de 2021, são exemplos da abordagem jornalística.

Nota metodológica sobre a análise dos clusters de notícias

O quadro acima permite visualizar a proporção de cada agrupamento de notícias (cluster) no conjunto dos 44 clusters que mais se destacaram em junho de 2021. Estes, resultam de um trabalho de análise e reagrupamento semântico realizado num conjunto mais alargado, de 50 clusters, identificados pelo algoritmo da plataforma Priberam. Esta operação de reagrupamento é realizada com recurso a metodologias de análise de conteúdo. Deste trabalho resulta que a quantidade final de clusters no relatório final é sempre igual ou inferior ao ‘top 50’ gerado pelo algoritmo.

Apesar da elevada precisão dos clusters classificados automaticamente pelo algoritmo (cf. Miranda et al, 2018), alguns deles podem apresentar características polissémicas, por diversos motivos, tornando difícil a tomada de decisão final quanto à inclusão num determinado cluster, pelo que a opção metodológica que nos parece mais adequada é considerar, apenas, os clusters que demonstram homogeneidade do ponto de vista do assunto identificado, acontecimento ou ‘história’ relatada.

Poderá consultar a secção de metodologia para mais detalhes sobre como o barómetro é construído.

A narrativa da pandemia nas notícias

A análise identificou, em junho, 19 tópicos relacionados com a pandemia, mais 5 do que no mês anterior. Dois grupos temáticos continuam a destacar-se:

  • Relatórios epidemiológicos e balanços de casos a nível nacional ou internacional.
  • Processo de vacinação, com grande incidência em balanços de pessoas vacinadas.

De entre o conjunto de artigos relacionados com a pandemia, a variante Delta em Lisboa surge associada a um único cluster, com aproximadamente 200 artigos. Apesar do ressurgimento da pandemia estar relacionado com a propagação desta variante, em particular, na área metropolitana de Lisboa, os dados indicam que não foram muitas as peças dedicadas a este tema específico.

A vacinação em Portugal continua a ser notícia, sobretudo, na perspetiva dos balanços e evolução do processo de vacinação. No entanto, algumas peças trouxeram para o debate público o tema da vacinação de imigrantes indocumentados, ausente da narrativa jornalística até à data. Na base deste destaque jornalístico está uma entrevista da RTP3 ao vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da ‘task force’ para a vacinação contra a Covid-19. A entrevista foi alvo de diversos títulos nos sites noticiosos com títulos como “vacinação de imigrantes não legalizados está a ser estudada” publicadas no MSN Notícias (2/6/2021 ), RTP (3/6/2021), TSF (3/6/2021) ou “’Task force’ defende necessidade de vacinar imigrantes não legalizados”, no Observador (3/6/2021).

Descrição da amostra

No mês de abril foram considerados 11.252 artigos, de 17 fontes de informação jornalística[1] para a realização deste relatório, selecionadas a partir de um universo de mais de 160 entidades (aproximadamente 212.734 artigos).

A recolha de dados foi realizada na plataforma Priberam e a organização das histórias noticiosas em clusters é realizada em dois passos: Um primeiro agrupamento é feito pelo algoritmo da plataforma, que devolve um ‘TOP 50’ com os clusters mais publicados. Num segundo momento, foi realizado um reagrupamento desse ‘TOP 50’ com recurso a técnicas de análise de conteúdo que aplicam uma análise ‘fina’ aos dados, resultando no quadro final de clusters apresentado neste relatório.

A versão integral deste relatório está disponível em PDF.

Poderá consultar a secção de metodologia para mais detalhes sobre como o barómetro é construído.

Licença de utilização

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.


[1] CMTV, Correio da Manhã, Diário de Notícias, Expresso, Jornal de Notícias, Jornal i, Jornal SOL, Notícias ao Minuto, NOVO, Observador, Público, Rádio Renascença, RTP, SIC Notícias, TSF, TVI24, Visão.